declaração de quase-amor clara fagundes blog declara conto de bolso textos pessoais fraturas expostas
Sentir

Uma declaração de quase-amor

Ninguém costuma falar sobre os amores que quase foram, né? Eles acabam por não ter espaço, entre tantas histórias de amor grandiosas ou em competição com os trágicos amores que terminam todos os dias ao redor do mundo. Mas, hoje, eu venho fazer a minha homenagem aos amores que ficaram presos entre “e ses” e desencontros de timings. Aos amores que teriam acontecido se. Venho fazer a minha primeira e última declaração de quase-amor.

Ao meu quase-amor, que quase me aqueceu no inverno chuvoso de São Paulo. Que teria me apresentado aos jogos do Timão, ao fotogênico Horto Florestal e me levado ao bar mais lotado da Vila Madalena para comer pastel de rodízio.

Ao meu quase-amor, com quem por pouco não viajei num fim de semana qualquer no verão e com quem teria conhecido o mundo se o quase não nos fosse, assim, um companheiro de viagem inseparável como nenhum outro.

Ao meu quase-amor, o meu “e se” favorito, o meu encontro mágico que acabou se transformando em uma boa história para contar – como acontece com todas as coisas mágicas do mundo, se formos parar para pensar. Junto com os contos de fadas, elfos, duendes e bruxas guardarei com brando afeto também essas frases meio tortas sobre o quase-amor, esse ser tão mágico e intangível quanto um unicórnio. Clique para ler mais

a namorada de cada signo the notebook diário de uma paixão astrologia blog declara tv declara
Explorar

Como é a namorada de cada signo? Descubra!

A namorada de cada signo: veja a sua e deixe seu pitaco!

Astrologia vai muito além dos horóscopos de revista e do signo solar. Para entender um pouco mais sobre o assunto, é importante descobrir e desvendar o próprio mapa astral, além de estudar um tantinho. Mas, convenhamos, qual seria a graça se não pudéssemos brincar um pouco com os estereótipos e as características mais marcantes dos nossos signos solares? Foi baseada nessas características que convidei meninas de signos diferentes para encenarmos, juntas, como seria a namorada de cada signo. Clique para ler mais

grande amor blog declara
Sentir

Eu não quero viver um grande amor

Não quero viver um grande amor

Sem pensar muito ou recorrer ao Google, listo algumas das maiores histórias de amor da literatura: Paris e Helena, Tristão e Isolda, Romeu e Julieta, Eros e Psiquê, Anna Karenina e Vronsky, Orfeu e Eurídice, Medeia e Jasão. Todas, sem exceção, terminam em tragédia.

No cinema, outro desfile: Gerry e Holly (P.S.: Eu te amo), Vada e Thomas (Meu Primeiro Amor), Landon e Jamie (Um amor para recordar), Sylvia e James (Em busca da Terra do Nunca), Seb e Mia (La La Land), Katie e Hubbel (Nosso amor de ontem), Guido e Dora (A vida é bela), Georges e Anne (Amour), Jack e Rosa (Titanic).

Não vou sequer entrar no mérito das músicas, da televisão e dos mangás – e nem preciso. As mais lindas histórias de amor são tristes.

Os românticos, autores pertencentes à escola literária dos grandes romances ocidentais, viravam noites e dias cantando as belezas dos amores impossíveis. Dos amores difíceis, sacrificantes, doídos no coração. Os Grandes Amores™. Clique para ler mais

Compre de quem faz: look declara lys joalheria artesanal 1 clara fagundes blog declara
Usar

Compre De Quem Faz: Lys Joalheria Artesanal e vestido feito a mão!

Colar da Lys Joalheria Artesanal e o vestido de Ju Pirani + descontos!

Não é novidade que o meu tipo de consumo preferido é o de coisas que foram feitas a mão. Não só pelo caráter de exclusividade (ou baixa escala), mas pelo cuidado, pela história, pela alma que cada peça artesanal carrega consigo. Foi por causa desse carinho que trouxe o movimento “Compre de quem faz” para o DeClara, em forma de tag. [Clique no link para ver posts com indicações de lojas artesanais e serviços feitos por mulheres] E esse look DeClara é especial por isso: porque é composto por um vestido e por uma joia feitos a mão e para mim. Quando eu conheci a Lys Joalheria Artesanal, me impressionei de cara com a delicadeza das peças, a suavidade das formas e o cuidado com cada detalhe. Mas foi só quando Lys, a dona da marca, me enviou o pingente Esfera num colar de prata que eu pude ver de perto toda essa graciosidade.

Compre De Quem Faz: Lys Joalheria Artesanal e vestido feito a mão! colar

A delicadeza do pingente Esfera, da Lys Joalheria Artesanal.

Clique para ler mais

Onde tomar sorvete bom e barato em SP 2: Via Motta Gelateria sorvete como fazer sorvete blog declara
Comer

Onde tomar sorvete bom e barato em SP #1: Via Motta Gelateria

Via Motta Gelateria: sorvete bom e barato em SP existe sim

Ninguém no mundo gosta mais de sorvete do que eu. É possível que exista alguém por aí que aprecie gelatos e sorvetes na mesma intensidade, não duvido, mas mais não: mais é impossível. Agora, você imagine qual não foi a minha felicidade ao encontrar um sorvete bom e barato em SP. E não somente bom e barato, mas também artesanal, bem localizado e com ingredientes orgânicos. Para quem não conhece, a Via Motta Gelateria nasceu há menos de um ano e fica na Lapa, dentro de uma galeria gracinha. A gelateria é um lugar com gostinho de casa, talvez por ser a realização de um sonho de mãe e filha, Thaís e Silvia Motta.

Finalmente o Universo reconheceu o meu posto de fã número 1 dessa iguaria maravilhosa e eu virei uma Influenciadora De Sorvete. Por causa disso, tenho recebido convites para conhecer lugares legais, participar de pesquisas e outras experiências bem – literalmente – deliciosas. Antes de mais nada, quero deixar claro que esse não é um publipost. Gabi, nora de Silvia, me encontrou pelo Google e me convidou a conhecer o lugar. Fui, me apaixonei e elas me chamaram para acompanhar de perto e participar da produção de alguns sorvetes! Não tinha nenhuma possibilidade no mundo de eu recusar um convite desses, então voltei para passar uma tarde gostosa entre risadas, reflexões sobre a vida e muito, muito gelato.

gelato de verdade Onde tomar sorvete bom e barato em SP 2: Via Motta Gelateria sorvete como fazer sorvete blog declara

Thaís, Silvia, Gabi e eu, depois de uma tarde delicinha fazendo sorvete. | Onde tomar sorvete bom e barato em SP #1: Via Motta Gelateria.

Clique para ler mais