O mito do pobre feliz em ser pobre

A narrativa do pobre feliz em ser pobre tem sido vendida há séculos o mito do pobre feliz é uma estratégia de alienação políticae tem como principal objetivo a manutenção da desigualdade.

É romântico pensar na pobreza comouma forma nostálgica de simplicidade.E no dinheiro como algo que destrói famílias, complica a vida e afasta relações verdadeiras.

"O pobre não precisa de muito para ser feliz, já o rico, sim. Dinheiro não traz felicidade! Dinheiro pra quê? Melhor mesmo é ser rico em saúde e amor..."

Em uma sociedade capitalista, dinheiro compra acessos a educação, saúde, justiça, boa alimentação, cultura, lazer, tempo para o ócio e a criatividade, etc.

Precisamos cortar pela raiz discursos que romantizam sofrimento e culpabilizam pessoas por serem vítimas de um sistema injusto.

SIGA MEU CONTEÚDO EM TODAS AS REDES SOCIAIS