O mito da bruxa e o feminismo

Há muito a se dizer sobre o mito da bruxa. Mas, em resumo, a relação entre as bruxas e a rebeldia é inquestionável. As bruxas eram mulheres que não cabiam no lugar reservado às mulheres na sociedade.

Hoje, resgatamos a simbologia das bruxas para falar sobre feminismo. Acima de tudo, para falar sobre mulheres que querem ser livres, questionam e se rebelam.

São mulheres que querem mudar o mundo. Contestam os papeis de gênero, reimaginam a solidariedade feminina e acreditam no poder libertário da educação.

Quando entendemos o ódio às bruxas e sua vilanização milenar, entendemos também a sua conexão profunda com o feminismo.

A perseguição mudou de nome e forma,mas continua. Misoginia, violência, injustiça, conservadorismo e o fantasma da feminilidade ideal ainda oprimem mulheres.

SIGA MEU CONTEÚDO EM TODAS AS REDES SOCIAIS