Browsing Tag

colaborador

Inspirar

Sobre extensão universitária e o Projeto Redigir

Com vocês, o Projeto Redigir

O Projeto Redigir é uma iniciativa de extensão universitária. A extensão é um dos pilares mais importantes de toda universidade, mas ela é – ou deveria ser – ainda mais importante nas universidades públicas. Você nunca ouviu falar nisso? Eu explico. Sabemos que a USP, por exemplo, é uma universidade pública, ou seja, é financiada com dinheiro público vindo de impostos, mais especificamente do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Sabemos também que apesar de todo mundo pagar impostos, apenas poucas pessoas têm acesso de fato à ela e ao conhecimento que se produz lá.

Para tentar acertar um pouco esse descompasso surgiu a extensão, como uma forma – ainda que pequena e insuficiente – de retornar para a sociedade o que ela investe na universidade por meio dos impostos. A extensão pode vir em forma de museus abertos ao público, de atendimentos de saúde física, mental ou animal, ou, entre outras coisas, de cursos.

Ainda que pública, ainda que de todos, a USP se fecha cada vez mais e exclui aqueles que a sustentam. A universidade literalmente construiu muros e colocou catracas para impedir o acesso de “pessoas estranhas”. Fazer extensão é discordar e lutar contra isso. É uma maneira de obrigar a universidade a direcionar pelo menos uma pequena parte de seus recursos para essas pessoas que são constantemente excluídas. Clique para ler mais

curtir buenos aires sozinha buenos aires solteira
Explorar

Roteiro de viagem: dá para curtir Buenos Aires sozinha?

Alguém já te disse que não dá pra curtir Buenos Aires sozinha? Não acredite!

Depois de 3 anos sem tirar férias, eis que chegou o momento tão esperado. Organizar a viagem de férias! A escolha da cidade foi imediata: Buenos Aires. Primeiro vieram as críticas. “Buenos Aires? Solteira? Você é louca? Deve ser muito sem graça ir a Buenos Aires sozinha, sem a companhia de um namorado.” Confesso que no primeiro momento fiquei receosa, mas a cidade me surpreendeu de uma forma tão linda, que até hoje quando lembro daquela semana fico rindo feliz.

BsAs é tipo uma daquelas cidades da Europa, só que aqui pertinho, do nosso lado. E que às vezes por uma imposição das pessoas (muitas vezes que nem conhecem a cidade pessoalmente) acaba sendo substituída por outros destinos. Como toda a primeira vez longe do Brasil, dá um friozinho na barriga. A língua parece muito fácil, mas só indo para uma cidade onde todo mundofala diferente da gente não é fácil. Misturei inglês-espanhol-português-portunhol e deu tudo certo, haha.

Para mais posts com dicas de viagens e turismo em geral, clique aqui.

own-grand-palermo-soho curtir buenos aires sozinha

Own Grand Palermo Soho.

Fiquei hospedada no hotel Own Grand Palermo Soho que, além de super aconchegante e com um design muito bonitinho, tem preços que super valem a pena e, de quebra, fica no bairro de Palermo Soho, um bairro muito lindinho da cidade.

O bairro de Palermo em BsAs é muito grande e tem subdivisões. Meio complicadinho de entender logo que se chega na cidade, mas depois vai ficando mais tranquilo de se localizar. Clique para ler mais

intercâmbio expectativas e realidade
Explorar, Inspirar

Intercâmbio: expectativas X realidade

Como uma pessoa pouco ansiosa que sou, quando pensava em fazer intercâmbio o sonho envolvia também muitos detalhes. Quando a ideia se tornou real, antes mesmo de comprar a passagem, todos os meus passos já estavam planejados na minha mente. Viagens, amigos, o trampo que eu ia arranjar, as matérias que ia cursar… Já estava tudo esquematizado. O que eu não contava era que quase nada disso ia acontecer como eu imaginava.

Leia mais sobre intercâmbio e dicas de viagens aqui.

Intercâmbio: expectativas x realidade
Amigos

Expectativa:

Não importava que todas as pessoas com quem eu tinha conversado sobre intercâmbio tivessem me alertado que fazer amizade com nativos era muito difícil e que no fim das contas a gente se dava bem mesmo era com intercambista, eu achava que esses brasileiros é que eram difíceis, comigo ia ser diferente. Afinal, qual era a graça de ir para a França e voltar sem um couch garantido pra voltar quando eu quisesse – e pudesse pagar a passagem?

Clique para ler mais

feminismo na moda
Inspirar

Feminismo: o grande aliado da moda!

Seres humanos são sociais. Nós procuramos meios diversos para transmitir nossas ideias, particularidades e informações. Por causa desse desejo natural, cada um de nós tende a buscar uma maneira de transpor a sua personalidade, tanto para ser incluso em grupos sociais quanto pra influenciar outras pessoas. Então, amodaé um objeto de informação, sim! É através dela que profissionais e pessoas físicas buscam reproduzir seus códigos e, apesar do cenário excludente do universo fashion, ofeminismoconseguiu conquistar espaço nesse cenário e tem se tornado um grande aliado da moda. Mais do que isso: o feminismo virou um catalisador de mudanças! Clique para ler mais

mulheres que querem viajar sozinhas
Explorar

5 dicas para mulheres que querem viajar sozinhas

O que mulheres que querem viajar sozinhas precisam saber?

Ser mulher é superar obstáculos constantemente e fazer algo sozinha muitas vezes pode ser um deles. Seja ir ao cinema, sair para almoçar ou simplesmente andar na rua. (Leia: Não tenho medo de morar sozinha!) Tudo inspira um cuidado especial. Afinal, transpor a barreira da vergonha e do medo para simplesmente sair sozinha não é algo tão simples. Quando o assunto é viajar, então, nem se fala .

Porém, viajar na sua própria companhia é sinônimo de liberdade, emancipação, amadurecimento e autossuficiência. É uma experiência que toda mulher deveria ter ao menos uma vez na vida. Para inspirá-las, deixo aqui algumas dicas que podem ajudar a tornar essa aventura mais fácil e, quem sabe, ser o empurrãozinho que faltava para que você caia na estrada.

5 dicas para mulheres que querem viajar sozinhas

1. Mantenha alguém informado
Segurança é a nossa primeira preocupação quando se trata de viajar sozinha, por isso, é sempre bom que alguém de confiança saiba seu roteiro e tenha o endereço e os contatos do local onde você vai se hospedar – ou da pessoa, no caso de couchsurfing. Entregue uma listinha com todas as informações antes de ir viajar e informe a pessoa no caso de qualquer mudança. É interessante que essa pessoa saiba também quais serão os meios de transporte que você vai utilizar. Acredite, fazendo isso você e os seus familiares e amigos vão se sentir muito mais tranquilos. Clique para ler mais