Browsing Tag

blog de textos

rivalidade feminina
Inspirar

Pelo fim da rivalidade feminina: um breve guia feminista

A rivalidade feminina faz parte da socialização de mulheres, que são educadas a entender as outras como concorrentes.

Tá, mas onde/quando aparece?

– Na sala de aula ou no escritório, quando mulheres competem entre si para se destacar;

– Quando uma mulher erra e outras a julgam com muito menos compaixão do que julgariam um homem pelo mesmo erro;

– Toda a cultura que diz: lidar com mulheres é complicado, pois são falsas e invejosas;

– No distanciamento entre mulheres jovens (“valiosas”) e mais velhas (“bruxas”);

– Na maioria das representações femininas na mídia.

A questão é complexa e ainda terá um Explicando só para ela, mas decidi adiantar nesse pequeno guia feminista de como fazer mais amigas e se cercar de mulheres.

Clique para ler mais
o mito da produtividade
Inspirar

O mito da produtividade 24/7 e a relação com a culpa

Trabalho. Casa. Família. Amigos. Estudos. Projetos paralelos. Um idioma. O freela que daria para correr atrás. A rotina de exercícios. A alimentação da semana. Talvez, o novo hobby. Tudo isso é visto como produtividade.

Mesmo na hora da pausa, existe o lazer considerado digno, edificante… E o fútil. E, junto com tudo isso, claro, há a culpa.

Todos os minutos, de todos os dias, poderiam ser preenchidos com uma tarefa produtiva. Mas deveriam?

O discurso da mídia e dos coaches ensina: se você não parar, chegará para aproveitar. é O Sucesso™ e nunca chega. Porque a meritocracia e a produtividade 24/7 são duas mentiras.

Clique para ler mais
tipos de amizades tóxicas
Inspirar

Amizades tóxicas: 6 tipos para identificar (e não ser!)

Tipos de amizades tóxicas para identificar, debater e abandonar o quanto antes

Olímpica™

Você foi promovida? Nossa… Só agora? Ela foi promovida em 3 meses.

Acabou de ser aprovada no curso que queria? Legal, mas em que lugar? Ela ficou em 1º…

Você está triste porque teve um dia ruim. E ela, que teve um dia mil vezes pior do que você?

A amizade Olímpica™ está em eterna competição – e nem precisa fazer sentido. Ela pode querer ser a melhor. A mais feliz. A mais sofrida. A mais esperta. A mais humilde… Toda conversa vira sobre ela.

Frase preferida: “e eu que…”

Regina George

Cria do patriarcado, Regina vê todas as mulheres como rivais e adora inferiorizá-las, principalmente com brincadeirinhas inocentes.

Regininha repassa todas as opressões que recebe – e um pouquinho mais. Vai fazer comentários sobre sua aparência, sobre suas decisões de vida, sobre sua personalidade. Sempre tentando te “melhorar”, “ajudar” – e destruindo sua autoestima no processo.

É a amizade tóxica mais clássica de todas. Aquela que te faz sentir sempre em dívida. Quase como se fosse um favor ser sua amiga. E não é verdade, tá? Corra. Sem olhar pra trás.

Clique para ler mais
homens e mulheres erram mas elas pagam mais caro
Inspirar

Homens e mulheres erram, mas elas pagam mais caro

Homens e mulheres erram, mas os erros femininos parecem mais graves, calculados e imperdoáveis que os masculinos.

Afinal, entendemos mulheres como maduras, responsáveis, persuasivas. Já homens são imaturos, meninões… Manipuláveis.

Olhos menos atentos não notam que, por trás desses pensamentos (que até parecem elogios às mulheres), moram a culpabilização e a vilanização feminina.

Essas ideias permeiam nossa educação, cultura, mídia e até as relações com outras mulheres.

Homens e mulheres erram, mas elas pagam mais caro: a culpabilização feminina
Clique para ler mais
guardiãs de homens
Inspirar

As guardiãs de homens e a socialização feminina

Crias e embaixadoras do patriarcado, as Guardiãs de Homens ™ são as mulheres que sempre preferem defendê-los.

Guardiãs de homens:

Têm orgulho de ter mais amigos que amigas ou se “identificar mais com eles”;

Aumentam erros de mulheres, diminuem ou relativizam erros de homens;

– Facilmente odeiam e desconfiam de mulheres, mais facilmente ainda perdoam e confiam em homens;

– Ficam genuinamente ofendidas ou bravas ao ver um homem ser mal falado, mesmo que seja um desconhecido.

Quem nunca conheceu uma guardiã de homens, provavelmente é.

Homens defendem homens

A guardiã é a mulher que protege homens a todo custo. Pra eles, perdão e empatia. Pra elas, julgamento e desconfiança. Quando fala sobre mulheres, é juíza. Manipuladoras. Egoístas. Falsas.

Mas, o que toda guardiã de homem aprende em algum momento é que: se precisarem escolher, homens vão priorizar homens e descartar mulheres.

Porque, enquanto a socialização feminina nos ensina que mulheres são rivais e vilãs… A masculina ensina que só outros homens são dignos de respeito e admiração.

A guardiã sempre pensa que seria diferente com ela. A aliada. A defensora. E nunca é.

Clique para ler mais
AS GUARDIÃS DE HOMENSGENTE PRECONCEITUOSA PODE SER “LEGAL”O PRECONCEITUOSO APRENDIZHOMENS BRANCOS E O PERDÃOAmor romântico & lógicas sexistas