Melhor roteiro de Alagoas em 4 dias (por uma local) melhores praias, onde comer, onde ficar
Comer, Explorar

Melhor roteiro de Alagoas em 4 dias (por uma local!): melhores praias, onde comer, onde ficar, etc

O melhor roteiro de Alagoas em 4 dias, feito por uma nordestina

Admito que nunca serei a melhor do mundo no basquete, no volley… No entanto, tenho orgulho de dizer que sou detentora de 2 títulos mundiais autodeclarados: sou a maior fã de sorvete e a pessoa mais planejadora do mundo. Isso faz de mim a responsável por 100% dos roteiros e viagens. Nem todo mundo tem o meu pique de passar horas e horas e horas pesquisando cada destino e batendo informações em redes, blogs e sites diferentes para construir a viagem perfeita, como é o caso do conteúdo desta matéria, com o melhor roteiro de Alagoas em 4 dias.

Garanto a você, caro leitor, que, se você seguir minhas dicas – não só nesse post/vídeo, mas em qualquer conteúdo meu sobre turismo – você vai fazer a viagem dos sonhos, sem precisar se preocupar com nada. Porque, afinal, eu me preocupei, pesquisei, comparei e experimentei no processo de construção do roteiro.

Meus critérios para planejar o melhor roteiro de Alagoas em 4 dias: não tenho perfil de mochileira porque acho conforto essencial (banheiro privativo, ar-condicionado, comer bem, café da manhã incluso). No entanto, não gastar muito é tão essencial quanto. Se você é como eu, e quer sempre o melhor possível, com alguns bons filtros de qualidade, mas pagando pouco, vai amar esse roteiro e o meu próximo vídeo, sobre “como aproveitar o Litoral de Alagoas gastando pouco”. Por ser um destino de praia, alguns outros critérios foram fundamentais para esta matéria em específico. Quando vou à praia, busco tranquilidade, uma bela vista e águas sem ondas.

Agora, vamos ao roteiro.

Viajei com meu melhor amigo para Aracaju e Sergipe por duas semanas. Fomos de carro de Aracaju a Alagoas e eu montei o roteiro perfeito, até por ser sergipana e conhecer a região como uma local. Para visualizar melhor as dicas e o roteiro da viagem descritos abaixo, é só clicar no play e apreciar as fotos, o vídeo, as comidas e afins.

Melhor roteiro de Alagoas em 4 dias (por uma nordestina!)

Dia 1: de Aracaju a Barra de São Miguel

praia do niquim Melhor roteiro de Alagoas em 4 dias (por uma local) melhores praias, onde comer, onde ficar

A Praia Niquim sem filtros, essa linda.

Saímos de Aracaju à 6h, passamos na padaria União para tomar café da manhã (em breve, vídeo e matéria sobre onde comer em Aracaju, um guia gastronômico definitivo) e seguimos viagem em direção à Barra de São Miguel, onde já passei muitas férias na infância.

Escolhi a Praia do Niquim como destino entre tantas opções por ser o resumo perfeito do que mais amo em uma praia: pequena, mais privativa (embora gratuita, obviamente), sem ondas e com um ótimo lugar para almoçar à beira-mar.

Almoçamos no Bar e Restaurante da Maria, uma maçunizada para duas pessoas para ninguém colocar defeito por 55 reais. Ela fica na rua principal da Praia Niquim, a Rua Édson Frazão, número 85.

Para entender um pouco melhor sobre tábua de marés, confira o vídeo, mas a minha dica é baixar o aplicativo e se preparar para chegar na praia na maré mais baixa possível, parar para almoçar na maré mais alta e voltar à água na maré média.

À tarde, ainda na maré média, seguimos para a famosa Praia do Francês, queridinha dos blogs, sites e outros roteiros de viagem para a Alagoas. No vídeo, explico por que não amei, mas, resumindo: acertei em deixar para o Francês apenas 1 horinha de Sol após um dia inteiro aproveitando a maravilhosa Praia Niquim.

Um ponto importante para os viajantes de carro: na praia do Francês, tem chuveiros de água doce públicos, ao contrário da Niquim, em que os chuveiros são liberados – ou não – pelos bares, mediante consumo.

Após a Praia do Francês, seguimos em direção norte para Maceió, onde o plano era tomar um sorvete na sorveteria Bali, a mais famosa da cidade. Embora seja a maior nota do Foursquare, destaque no TripAdvisor, super amada de acordo com o Google, pularia a visita. Ela será muito bem substituída pelo renomado – e de preços acessíveis – restaurante Akuaba.

Sorvete tomado, seguimos para a Pousada Badejo, onde iríamos ficar em Japaratinga (cidade vizinha de Maragogi, parte da região apelidada de Caribe Brasileiro).

Onde comer bem na Praia Niquim (Barra de São Miguel): Bar e Restaurante da Maria, no endereço Rua Édson Frazão, número 85.

Dia 2: Japaratinga e Praia de Antunes

A paradisíaca Praia de Antunes. melhor roteiro de alagoas

A paradisíaca Praia de Antunes.

Dormimos na Pousada Badejo (R$220 por 2 diárias para 2 pessoas com café da manhã incluso) e, como mencionei no vídeo, embora seja a escolha da CVC e tenha nota 9 no Booking e no TripAdvisor, não amei. Por isso, linko também mais duas opções de ótimas estadias em Japaratinga/São Miguel dos Milagres para os viajantes: as maravilhosas Pousada Mama Pereira (9,2) e aPousada Porto Milagres (9,6).

Ficar em Japaratinga é consideravalmente mais barato do que em Maragogi e vale bem a pena pra quem for de carro porque a distância entre as duas cidades é de 15min.

Às 7h30, estávamos no carro em direção à Praia de Antunes. É impossível escolher a minha praia favorita desse que é o melhor roteiro de Alagoas em 4 dias, mas a praia de Antunes é cinematográfica e o dia reservado para ela certamente ficará guardado em sua memória.

Diferente da Praia Niquim, que tem como melhor momento a maré baixa, a Praia de Antunes é melhor aproveitada na maré média, embora valha a pena em qualquer maré.

Almoçamos no Meraki Beach, um restaurante com redes e cara de receptivo, com estacionamento fácil e que aceita cartão. Escolhemos um povo ao molho de coco (R$82) que dava para 3 pessoas, mas serviu bem como uma almojanta para dois. Mostro o prato no vídeo, confira para ter uma noção da porção.

Passamos o resto do dia na praia e, à noite, demos um passeio pela cidade de Maragogi, já que Japaratinga é ainda menos noturna que a sua vizinha.

Onde comer bem na Praia de Antunes (Maragogi): Meraki Beach, na Rua da Praia, 992-1134.

Dia 3: Praia do Toque/Praia Porto da Rua e Paripueira

Logo após o café da manhã, saímos em direção à Praia do Toque, destino do nosso terceiro dia de viagem. Na travessia entre Japaratinga e Paripueira, optamos pela balsa, mais barata e rápida do que o trajeto só de carro.

A balsa funciona das 6h às 0h, a travessia leva em torno de 6 a 10 minutos, custa R$15 para carros e tem, em média, 15min de espera.
Super próximas (aproximadamente 7min andando na areia), a Praia Porto da Rua e a Praia do Toque formam piscinas na maré baixa e são maravilhosas até a maré média (1h30 antes do pico da maré alta). As duas foram, sem dúvidas, o mar mais quentinho do roteiro.
Almoçamos no Restaurante Grande Lau, na Praia do Toque. Pedimos um bobó de camarão (R$99) – segundo prato mais caro do cardápio – e amamos. Como sempre, pedi um vinagrete extra (R$6) e mudei todos os acompanhamentos. Quem também quer experimentar o restaurante, mas gastando muito menos, pode pedir o maçunim ou o sururu ao molho de coco para 2 pessoas por 50 reais. O Grande Lau, assim como o Meraki Beach, aceita cartão.

Um grupo maior e a fim de um luxo acessível, pode pedir a lagosta (a porção serve bem 3 pessoas) por R$145, combinando-a, quem sabe, com um maçunim ou sururu ao molho de coco por R$50.
A sobremesa de cocada é bem recomendada, custa R$15 reais e dá pra 2 pessoas, mas eu não amei. Se voltasse, não pediria. Em compensação, recomendo o quebra-queixo vendido por meninos ambulantes nos arredores do restaurante. Eles vendem 3 por R$10, 1 por R$5 (mas eu negociaria 1 por R$4 ou 4 por R$10).

Passamos o dia entre as duas praias e seguimos para a Pousada Mãe das Águas, em Paripueira, um amor de pousada familiar onde pagamos R$108 por uma diária para duas pessoas. Recomendo bastante, só não recomendo o ovo mexido do café da manhã.

Dia 4: Sonho Verde e Maceió

Infelizmente, o último dia dessa viagem maravilhosa. Escolhi aproveitá-lo no receptivo Anauê, na praia de Sonho Verde. Para entender melhor o quanto isso foi um acerto, é só ver o vídeo.

Como a ideia era jantarmos no restaurante Akuaba, em Maceió, na viagem de volta a Aracaju, decidimos tomar um café da manhã caprichado e tomar apenas um bom sorvete na hora do almoço na Sorveteria Tropical Fruit, uma sorveteria tipo tailandesa que fica dentro do Anauê. E que escolha certeira! O preço é R$15 para montar seu sorvete com dois sabores e uma cobertura. O local conta com piscina, redes, bangalôs e localização à beira-mar.E é gratuito.

Tomamos um banho por lá e seguimos para Maceió, onde faríamos o jantar mais fancy do nosso roteiro turístico no litoral de Alagoas. Vencedor do prêmio Prazeres da Mesa em 2018, o Akuabaé um restaurante de chef, com ambiente de restaurante de chef e preço de restaurante comum. Entre os acertos, o caldinho de camarão (R$9), o acarajé bem servido (R$14) e a moqueca de camarão (R$90).

Depois de enchermos a barriguinha, voltamos para Aracaju, felizes após o final do melhor roteiro de Alagoas em 4 dias. O meu aviso: é uma estrada para motoristas experientes, pois tem algumas mudanças bruscas, uns buracos e é bem escura.

Melhor roteiro de Alagoas em 4 dias | algumas dicas extras:
  • Indicações do amor:
  1. Restaurantes Bodega do Sertão em Maceió. Barato, com self service e bem gostoso.
  2. Sorveteria Pingo, em Maragogi, para sabores diferentes e bons sorvetes.
  • Dicas do que não vale a pena fazer em sua viagem à Alagoas:
  1. Ir ao famoso Sanduba do Careca, é um podrão como qualquer outro e nem é barato. Nota: 9,3.
  2. Tomar sorvete na Kaskão, uma sorveteria de bairro comum e não muito boa, com notas altas em fontes seguras como o Foursquare e o TripAdvisor.

E é isso, a minha matéria com o melhor roteiro de Alagoas em 4 dias termina aqui.

Não se esqueça de clicar no play, se inscrever no canal e deixar seu like. O próximo post (e vídeo) terá dicas específicas de como aproveitar o litoral de Alagoas gastando pouco! Enquanto os dois não saem, recomendo ver outros vídeos de viagem do canal, como esse aqui, sobre como aproveitar Campos do Jordão gastando pouco!


Me acompanhe nas redes sociais, sim?☀

Instagram, Facebook, Pinterest. antix barrado papoulas blog declara melhores hamburguerias de são pauloConheça o meu canal no Youtube!

 

Previous PostNext Post

❤ Você também vai gostar ❤

Sem comentários

Responda