todo beco tem saída: vai dar tudo certo no final blog declara
Sentir

Vai dar tudo certo no final

Todo beco tem saída

Ali no meio do caminho entre um conto de bolso, uma ode à esperança e um desabafo, escrevi esse post há algumas madrugadas em poucos minutos. É meio diferente do que vocês costumam ver no Declara, mas precisava ser escrito. E, mais do que isso, precisava estar aqui, no espaço seguro que é o blog para mim. Espero que seja para vocês também.

Esse foi o mês do meu aniversário e também o mês em que deu tudo meio errado na minha vida. De novo. 

Um ano atrás, em um fevereiro também fatídico, eu me perguntava como estaria em uma semana, um mês, um semestre, um ano. O que aconteceu no fevereiro passado refletiu em todo o meu ano de 2016. Certamente, as coisas que deram errado naquele período resultaram em coisas incríveis – como trabalhar em All Things Hair e o freela de comunicação para Correios e VISA -, mas também começaram a deixar os rastros de algumas mudanças, términos e despedidas pelo caminho. 

Em 2016, sinto que me tornei uma pessoa um pouco melhor do que fui em 2015, quando já era um tanto melhor do que no ano anterior. Fui mais paciente, política e aprendi a controlar um tantinho mais as minhas caras e bocas transparentes – que sempre, sempre me entregam. Também abri as portas da minha casa e as janelas da minha vida para pessoas maravilhosas. E, como é natural, as mesmas frestas que deixam entrar, deixaram sair outras pessoas (também maravilhosas). 

No ano passado, eu, desapegada que sou, do alto do meu mapa com Vênus, Sol e Lua em Aquário, tive que reaprender a deixar ir. Até porque, me disseram, só é seu aquilo – ou aquele – que volta. Ou, melhor ainda, o que – ou quem – nem chega a ir. 

Neste ano que mal começou e já está virando o seu terceiro mês, acabei tropeçando e caindo na mesma esquina do beco que parecia sem saída há mais ou menos 365 dias. A diferença é que, dessa vez, eu sei que não é. Não existe caminho sem volta na vida, assim como não existe outro final da linha, além da morte. Como em um daqueles famosos jogos de Escape, depende de mim encontrar a pista, a brecha, o truque para sair do meu beco escuro. Assim como provavelmente depende de você, na sua vida, sair da sua rua aparentemente sem saída. 

Até lá, prometo encher de sorrisos os cantos que me restam e procurar sorrisos alheios que também me bastem. Prometo acordar todos os dias sabendo que ele será melhor do que o dia anterior – até que seja mesmo. Prometo me permitir pedir ajuda, se necessário, e também ficar sozinha o tempo que precisar. Prometo, ainda cumprir as minhas promessas para mim mesma e respeitar o meu tempo. Agora eu sei: vai dar tudo certo no final

E você, como vai lidar com o seu beco? 

Clique aqui para mais contos de bolso do Blog Declara.


Psiu, me acompanhe nas redes sociais, sim?
Instagram, Facebook, Pinterest.
antix barrado papoulas blog declara toda garota de 20 anos precisa saber todo beco tem saída
Previous Post Next Post

❤ Você também vai gostar ❤

5 Comentários

  • Responder Samira Oliveira 6 de março de 2017 at 8:04 PM

    Olá lindona,
    Então eu acho que ouvi alguma coisa sobre você estar um pouco pra baixo recentemente, mas asism como você eu acredito que a gente sempre pode recomeçar e dar aquela volta por cima! Confia que você ainda tem muito a conquistar 🙂 você já leu aquele livro O Segredo? Fala da Lei da Atração e como que tudo que a gente pensa volta pra gente, por isso é sempre bom que você e todas nós tenhamos esperanças <3

    View Comment
  • Responder Laura Nolasco 7 de março de 2017 at 10:10 AM

    Aah, moça ❤
    A gente fica meio sem o que dizer quando uma coisa toca lá no fundo da gente né? Aconteceu com esse texto.
    Amei o texto, e fico daqui mandando muitas energias boas, abraços, carinhos… sempre que precisar!
    Beijos!

    View Comment
  • Responder Isis Tomie 7 de março de 2017 at 10:33 AM

    Que texto <3
    Eu amo e odeio mudanças, e sinto que esse ano eu realmente precise mudar! A casa dos 30 tá batendo na minha porta e me sinto perdida (muitas vezes). Mas, sei que tudo vai dar certo no final!

    Obrigada por esse texto 🙂
    Beijos

    View Comment
  • Responder Mariana 8 de março de 2017 at 8:59 PM

    Ai, gata… Vou te dizer, parece ser algo que nunca passa.
    Em 2017 completo 30 anos e ando vagando num beco que parece sem saída sobre a minha vida profissional. Em contrapartida, vou dar um passo grande, que é casar e sair da casa dos meus pais.
    Tenho a impressão que poucos são os momentos em que a gente atinge total equilíbrio na vida.
    E vamos seguindo…

    Beijos

    View Comment
  • Responder Sophia Cuñado 8 de março de 2017 at 11:28 PM

    Amei o texto, muito verdadeiro. A vida é feita de altos e baixos, muitas vezes nos encontramos na mesma situação e acabamos tendo de encontrar a saída sozinhos, porque se não for assim, não será.
    A única coisa que posso te dizer é: siga em frente, tudo vai melhorar, é só acreditar e ter um olhar otimista; se cerque de pessoas que gostam de ti e te querem bem, afaste as que não. E siga em frente, enfrente.

    View Comment
  • Responda