Nunca mais pode ser uma boa ideia
Sentir

Quando nunca mais é a melhor opção

E se déssemos uma chance ao nunca mais?

Somos condicionados desde pequenos a atrelar necessariamente a Felicidade Verdadeira™ aos para sempres .

Contos de fadas, livros, filmes e até as novelas de final de tarde insistem: para sempre é o único caminho para a vida dos nossos sonhos, seja ela como for.

Casados, para sempre. Para sempre apaixonados. Melhores amigos para a vida inteira. Eternamente responsáveis por aquilo que cativamos.

O problema, vocês sabem, é que o para sempre não depende de nós. Não podemos garantir que as pessoas ao nosso redor desejem o que desejamos nem mesmo por uma semana. Que dirá uma vida. Não podemos garantir desejar as mesmas coisas, não podemos garantir nada, porque, afinal, a nossa natureza, por si só, é efêmera. 

É por isso que proponho uma revolução. Ao menos por uns instantes, sugiro darmos uma chance às escolhas sobre as quais realmente podemos ter controle.

Isso inclui, até onde eu consiga lembrar, alguns vários nunca mais. E, vejam só, nenhum para sempre. Ao menos, não o para sempre sobre o qual nos ensinaram os românticos.  

Demonizado, o nunca mais, para mim, parece muitíssimo mais genuíno, e certamente mais visceral, do que todas as outras eternidades engarrafadas.

Nunca mais alimentar o ego de quem não merece. 

Nunca mais ouvir machismo em silêncio. 

Nunca mais tentar desacelerar para não deixar para trás quem representa um atraso.

Nunca, nunca mais aceitar nada menos do que amor e respeito em um relacionamento. 

Nunca mais se sentir menos valiosa por estar solteira. 

Nunca mais julgar uma mulher por sua roupa, nunca mais se deixar ser julgada. 

Pelo pai, namorado, marido, ou desconhecido do outro lado da calçada. 

Nunca mais acreditar que a sua felicidade – ou a sua tristeza – depende total e impreterivelmente de outra pessoa. 

Nunca mais deixar que alguém diga quem você deve ser, quem deve amar ou em quê deve acreditar. 

E nunca, jamé, jamás, depositar na eternidade das coisas a única razão de elas serem.

Isso porque, se são boas, que sejam – até quando der.

Se não, que não sejam.

Nunca mais.

Enquanto depender de nós,

Amém.

Gostou? Clique aqui para mais posts da categoria “Sentir” do Declara. 


Psiu, me acompanhe nas redes sociais, sim? ☀️
Instagram, Facebook, Pinterest.
antix barrado papoulas blog declara nunca mais
Previous Post Next Post

❤ Você também vai gostar ❤

20 Comentários

  • Responder kamii 15 de junho de 2016 at 12:56 PM

    Sério Clara, um texto mais bonito que o outro, sempre que venho aqui fico feliz! Mas acho gostoso acreditar no pra sempre mesmo que seja algo que não possui nenhuma garantia “que seja eterno enquanto dure” sabe?
    Mesmo assim acredito muito MUITO no nunca mais também! Acho super necessario alias!

    View Comment
  • Responder Entre Anas 16 de junho de 2016 at 12:12 PM

    Ai, que texto mais incrível <3
    Já falei que fico impressionada com a sua capacidade de escrever o que penso/sinto, não é?
    Nunca fui das que acredita no para sempre, porque como você disse, ele não depende da gente. O nunca mais é uma escolha – que pode mudar sua vida ao invés de ficar esperando pela eternidade.
    Cê é maravilhosa!

    View Comment
  • Responder Nanda Doria 16 de junho de 2016 at 5:25 PM

    Que texto de reflexão MARAVILHOSO, parabéns.
    Nem tudo realmente está em nosso controle, por mais que a sociedade tente nos impor isso.
    Eu acredito em uns “para sempre” mas acho que primeiro devo fazer o meu agora!

    http://www.vodkaescarpin.com.br

    View Comment
  • Responder Tatiana Castro 16 de junho de 2016 at 7:57 PM

    Uauuuu… isso que é reflexão! Quantas vezes não vi pessoas próximas se afundando em relacionamentos insatisfatórios por medo de mudar o que um dia foi bom, mas hoje é desgosto. Precisa muita maturidade para colocar os pontos finais em seus devidos lugares. O texto acertou em cheio.

    Beijos!
    Gatita&Cia.

    View Comment
  • Responder Mariana Menezes 16 de junho de 2016 at 9:01 PM

    Que texto mais incrível, Clara! Tuas palavras são lindas, sabe usá-las da forma mais bonita possível <3 Concordo com tudo o que disse, infelizmente somos levados a crer que o "para sempre" é a felicidade, porém ele foge ao nosso controle. Alguns "nunca mais" caem bem, com toda a certeza. E o melhor é que estão em nossas mãos. Amei teu ponto de vista.

    Beijos.

    http://www.letrasnagaveta.com

    View Comment
  • Responder Simone 17 de junho de 2016 at 3:24 PM

    Seus textos são sensacionais, este então eu amei muito *.* realmente pensamos que o para sempre é o melhor caminho, mas as vezes não. O nunca mais pode ser uma libertação gostosa na nossa vida e importante também, beijão.
    Charme-se

    View Comment
  • Responder Isabela Luccas 20 de junho de 2016 at 9:32 PM

    Clara, estou sem palavras… Realmente eu andei querendo muito o “para sempre” e me esqueci dos “nunca mais”. Eu pratico alguns nunca mais (ainda mais quando envolve machismo), mas esqueci do “nunca mais me importar com a opinião dos outros quando se trata do meu peso”, “nunca mais aceitar grosseria gratuita”, “nunca mais deixar uma mana sozinha”… Amei seu texto, amei mesmo…

    View Comment
  • Responder Gabriela 20 de junho de 2016 at 10:31 PM

    Nossa Clara, que texto mulher. Eu gostaria de praticar o “nunca mais” mas sempre tudo que falam me afeta, mas NUNCA MAIS AO MACHISMO.

    View Comment
  • Responder Laura Nolasco 20 de junho de 2016 at 10:54 PM

    Que amor de texto, Clarinha!
    Eu sou das que pensa no para sempre sim – até o momento que enjoo e aí? Tchau e beijo. Mas vejo tanta gente que se prende tanto à esse pra sempre que vai deixando a propria vida e personalidade de lado em nome de manter em pé para sempre algo que já desmoronou há tempos – e nunca mais será o mesmo, independente de tudo.
    O Nunca mais em certos momentos é tão mais engrandecedor e empoderador…
    Beijos!

    View Comment
  • Responder Samira Oliveira 21 de junho de 2016 at 7:38 AM

    O bom desse texto foi refletir, que as vezes é melhor as coisas “serem intensas enquanto durem” e enquanto são verdadeiras ao invés de serem para sempre em meio a brigas e guerras. Precisamos de um recomeço mesmo de vez em quando; precisamo fazer com que a nossa felicidade prevaleça, não é mesmo?

    View Comment
  • Responder Marcela Cataldi 21 de junho de 2016 at 5:06 PM

    Ai Clara! Que texto mais maravilhoso <3 NUNCA MAIS deixo de entrar aqui! Me faz tão bem tirar uns minutinhos para ler suas palavras, gata!

    View Comment
  • Responder Gaby 21 de junho de 2016 at 9:07 PM

    Olá Clara, tudo bem?
    Amei o texto. ♥ Sempre acreditei que o para sempre, sempre acaba. Seja amizade ou relacionamento, ambas têm tempo de duração, ou seja, somente enquanto for bom para ambas as partes. Quando as coisas começam a esfriar, a melhor alternativa é pular fora antes que seja tarde demais, pois de nada adianta sofrer por alguém que simplesmente não te dá o merecido valor. Sendo assim, antes só que mal acompanhada. 🙂
    Beijos :*

    View Comment
  • Responder Barbara Zotti 22 de junho de 2016 at 7:47 PM

    Sim!! Exatamente nunca mais para tantas coisas que a lista vai além!!! Temos que deixar de permitir algumas coisas que acabamos até achando normais!!!!

    Acredito que podemos cumprir com o para sempre se for de verdade e de coração, em amizade muito mais do que no amor!! ?

    Adorei o texto!! Adoro seu blog!!

    View Comment
  • Responder Bárbara Fróis 29 de junho de 2016 at 10:59 AM

    Velho que texto é esse??? Não havia pensando que o NUNCA MAIS dependia só de mim e que o PRA SEMPRE não depende só de mim, a partir de agora irei acreditar muito mais no NUNCA MAIS. Amei seu texto, muito bom mesmo! Seu blog é lindo <3 e também adorei as dicas de modas principalmente sobre saias 😀 amo saias

    Beijos Clara

    View Comment
  • Responder Clara Pamponet 6 de julho de 2016 at 7:18 PM

    Eu não acredito no PARA SEMPRE, acho que a vida é feita de momentos assim como todos os tipos de relacionamentos! Adorei teu texto!
    Beijos,
    http://www.hitsdomomento.com

    View Comment
  • Responder 10 blogs femininos incríveis para conhecer l Entre Anas 28 de julho de 2016 at 8:45 PM

    […] Onde comprar saias rodadas online #2 l Quando nunca mais é a melhor opção […]

    View Comment
  • Responder F. Gomes 8 de agosto de 2016 at 4:31 PM

    Guria, que texto maravilhoso!

    View Comment
  • Responder liz 10 de agosto de 2016 at 11:59 AM

    E que seja bom enquanto dure, não é mesmo?! um dos melhores textos que eu já li, certeza. Demorei anos pra aceitar e/ou entender isso e quando consegui..ah, que liberdade!

    View Comment
  • Responda