Comprar

Marcelina Ateliê: moda retrô e feita por minas! + Wishlist

Conheça a Marcelina, a loja retrô cheia de cultura de moda

A Marcelina une várias características que eu amo em uma marca: é artesanal, cheia de opções de vestidos e saias, muito rosa e informação de moda. As peças trazem referências a roupas que foram icônicas ao longo das décadas: seja pelo corte, seja por quem as usava, seja por refletir o espírito de uma época. Como já disse nesse post de recebidos, eu e Marcela Citon, fundadora da Marcelina, nos encontramos pela vida logo antes de a marca ser inaugurada. Logo de cara, me apaixonei pelo conceito e pelos nomes das peças, que eram inspirados, principalmente, nas minhas duas décadas favoritas da moda contemporânea: os anos 50 e os anos 60. Lembro que Marcela me perguntou quais eram as minhas peças favoritas da primeira coleção da loja e eu não precisei pensar duas vezes: a blusa Twiggy e o vestido Grace.

Marcelina ateliê moda retrô

Gola rolê e inspiração em Twiggy: como não amar a Marcelina?

A blusa Twiggy, em tecido grosso e texturizado, leva a minha queridinha gola alta e também o nome da modelo mais famosa da década de 60. Twiggy era conhecida por desfilar blusas e vestidos com gola rolê por onde fosse… E brilhar em cada um deles, claro, com seus imensos olhos delineados.

O Vestido Grace, por sua vez, foi inspirado na estonteante princesa Grace Kelly. Grace, como vocês bem sabem, foi uma das mulheres mais bonitas que já apareceram nas telas de cinema. A sua marca registrada em questão de vestuário era o trio “peças acinturadas + saias godês + cores claras”. Um estilo que eu basicamente levo para a vida. O vestido, quase tão lindo quanto a musa inspiradora, conquistou meu coração pela verossimilhança com seu estilo, com direito a cintura marcada, cor de rosa e à leveza da saia.

Para mostrar que não só de sapatilhas, saltos e botinhas neutras vive o estilo ladylike, montei um look lindinho com o vestido Grace e esse oxford prateado da C&A:

Marcelina Ateliê

O vestido Grace em toda a sua graça <3

O que me levou a escrever esse post foi, contudo, que a Marcelina lançou peças novas. A marca não trabalha com coleções porque “a ideia é sempre ir renovar”, explica Marcela. Assim, peças individuais que fazem sentido em determinado momento vão substituindo outras e assim por diante. Os lançamentos me fizeram pensar: ok, é hora de falar de novo sobre a Marcelina! Pois bem. Separei meus 3 looks favoritos dentre eles e já adianto que dei uma roubadinha. Inclui em uma das fotos vários acessórios que são novidades: capas de notebook, vestidinhos para vasos e necessaires. Afe, é muita fofura.

marcelina

3 x amor <3

Esse é mais um post da tag Compre de Quem Faz, clique para conferir os outros!

O que cês acharam do estilinho da Marcelina? Usariam meu look com o vestido Grace?

Se gostou deste, cê também vai gostar dos posts de look do blog.


Psiu, me acompanhe nas redes sociais, sim? ☀️
Instagram, Facebook, Pinterest.
recebidos do mês blog declara
Previous Post Next Post

❤ Você também vai gostar ❤

7 Comentários

  • Responder Hellê 11 de outubro de 2016 at 10:56 PM

    Eu to apaixonada pelo estilo da marca, me identifiquei muito, mesmo porque sou aquele tipo de pessoa que basicamente não usa calça, mais pra ficar em casa ou comprar pão, respiro saias e vestidos, esse nome está anotado!

    View Comment
  • Responder Liz 12 de outubro de 2016 at 5:33 PM

    A marca me conquistou super! Em primeiro lugar, por ser artesanal, é tão gostoso comprar de quem faz! Segundo, é tudo taaaao lindo! To APAIXONADISSIMA pelo vestido Grace! Socorro ?

    View Comment
  • Responder Laura Nolasco 13 de outubro de 2016 at 6:23 PM

    Muuuuito amorzinho a marca, achei as peças sua cara mesmo!
    Fiquei morreeeeeeendo de amores pelos 2 looks cropped+saia… Eu sou absurdamente apaixonada por essas saias!
    Eu só não usaria o look prq não sou nada ladylike, sabe? No inverno meu estilo é mais “rocker” e no verão sou a hippie que se pudesse andava até descalça pra compor o look (cof cof e porque odeio sapatos cof cof) Mas achei a combinação um amorzinho só!
    E lá vou eu conhecer a loja porque né… Pelo visto é maravilhosa <3
    Beijos!

    View Comment
  • Responder VANESSA BRUNTv 13 de outubro de 2016 at 9:10 PM

    Eu li “loja artesanal”? Já fiquei encantada a partir de tal fragmento. É tão bacana e fundamental ter essa consciência e proximidade com os processo de produção de cada feito. Afinal, temos tantos casos de trabalho escravo (ainda), tantos absurdos perante testes em animais e por aí vai. Você, como sempre, enriquecendo as nossas bagagens com indicações e elaborações incríveis, Cla. Obrigada por mais essa lindeza! Uma marca que agrega detalhamentos vintages e que quebra, de tais maneiras, diversos paradigmas de ‘tendências enrijecidas a serem seguidas’ e afins, ganha o meu coração com ainda mais facilidade. Fiquei apaixonada por cada entrelinha crítica que foi emitida. Você é sensacional!

    http://www.semquases.com

    View Comment
  • Responder Milena 17 de outubro de 2016 at 11:45 AM

    Muito amorzinho seu blog! Parabens
    beijos
    milenasantanablog.com.br

    View Comment
  • Responder Isis Tomie 22 de outubro de 2016 at 2:22 AM

    Uau!!!
    Amei o conceito da marca, mas eu não sou fã de rosa, então, eu usaria o vestido que você escolheu com outra cor, uma meia-calça bem chamativa e sapatos chamativos também!!
    Adoro essa série de posts de “compro de quem faz”!
    Beiijos!

    http://www.isistomie.com
    http://www.elefantevoador.com

    View Comment
  • Responder Bruna WB 22 de outubro de 2016 at 9:30 PM

    Clara, essa sua tag “compre de quem faz” é uma lindeza só! Eu dou minha total preferência para marcas assim, então fico bastante empolgada ao conhecer nomes novos. Adorei a loja da Marcela e todo o conceito da marca. Muito legal também o fato de não haver coleções – na minha cabeça, faz muito mais sentido. Me apaixonei pelo vestido Ingrid!
    Beijos,
    Bru

    View Comment
  • Responda