Sem categoria

Como já falaram aí em cima, sou romântica e me …

Comment on Como superar um término de namoro mais rápido by Raissa.

Como já falaram aí em cima, sou romântica e me isolo e vim aqui desabafar. Antes que alguém fale, nao to tendo muito contato com minhas amigas durante essa semana, pois as que estudam comigo estão se dedicando para uma prova difícil e eu sei que vai atrapalhar. As que moram distante (em minha cidade natal), eu perdi o “laço” com o tempo, pois sou amiga de grupo do wpp, mas não conversamos realmente e chegar em qualquer uma nesse estado pode parecer um pouco de interesse que eu não quero passar. Infelizmente sinto falta dessas últimas, mas não sei como me aproximar novamente, inclusive porque desse grupo, julgo outras porque acho que elas não são um bom direcionamento para mim. Também sobre mim, quero dizer que já namorei muitas vezes (sim, me apaixono fácil) e não sei como vocês contam namorado kk (o sérios seriam aqueles que a gente já pensou em um futuro, tinham planos?). Então esse é meu 4 namorado apresentado aos meus pais porque o escondido durante a escola eu não conto. No caso de um relacionamento mais maduro e com planos, esse é o segundo, embora não tenha tido muito tempo de fazê-los. A questão é que o término foi ontem. Ele estuda na minha sala da faculdade e estamos no mesmo grupo de amigos. Precisarei viajar amanhã para voltar para cidade que faço faculdade daqui a 1 mês e ele não topou conversar, pois estava ocupado ajudando o irmão em uma prova final super difícil que eu também vou fazer. Achei egoísta da parte dele, ele iria viajar comigo e de última hora vou precisar dizer a minha mãe que acabou e chegarei lá sem ele. Tentei conversar, mas ele está ajudando o irmão (que tem 22 anos) em uma prova final que eu também vou fazer. Achei egoísta da parte dele e vou viajar com todo esse peso. Sinto que minha família vai julgar porque estava na expectativa de conhecê-lo e também porque terminei o último relacionamento sério também nesse ano, então meio que “são surpresas” para minha família. Também por isso, estou em dúvida sobre como contar para minha mãe. Por favor, quem puder ajudar, me ajuda, inclusive julgando meus pensamentos. Talvez por eu me isolar nesses momentos, eles não sejam condizentes com o que eu já deveria pensar na minha idade (21).

Previous Post