Sem categoria

Eu confesso que consumo muito mais conteúdo de blogs do …

Comment on E a boa filha a casa torna by Thaís.

Eu confesso que consumo muito mais conteúdo de blogs do que canais de youtube (é sério, eu quase nunca vejo vídeos), mas desejo sucesso pra você por lá. Mas é claro, senti falta dos seus textos. Volte mesmo, viu? E estamos juntas nessas fases de altos e baixos. Por cá está igual.

Um beijo, Clarinha.

Recent Comments by Thaís

Uma declaração de quase-amor
Poxa, Clarinha! Passei faz menos de um mês por um quase-amor, questão de timming… deu até bad essas suas palavras, viu? Mas é assim mesmo. Algumas histórias acabam ficando no ”e se”. A gente fica imaginando como seria, né?

Lindo texto. <3


Como saber que ele não te ama | Amor platônico ou amor real?
Oi, Clarinha! Também não sou a pessoa mais romântica desse mundo. Ariana com ascendente em capricórnio, é mole ou quer mais? Mas enfim… Gostei das suas observações, principalmente sobre a linguagem corporal e a ”falta de tempo”, saía com um garoto uma vez que sempre tinha desculpa para me ver, mas no final de semana saía direto com os amigos. Tipo, como assim, né? Ninguém precisa ficar preso numa só pessoa, mas desse jeito não dá. Infelizmente eu fiz até certo papel de trouxa, mas depois que a ficha caiu, não quis mais saber de insistir em algo fadado ao fracasso.
Um beijo!


O primeiro ano do Blog Declara!
Clarinha! Não sei lembrar aonde te vi pela primeira vez nesse mundinho da internet, mas foi amor à primeira vista pelo Declara! Tua escrita impecável, teu senso de escrever exatamente o que teus leitores querem e precisam ler me admira muito. Você vai muito além do que já conseguiu, disso eu tenho certeza. É tão bom olhar para trás e ver como tudo começou, não é? E imagino que deva ser maravilhoso ter o apoio de tanta gente bacana! Você com certeza está no ranking das pessoas maravilhosas que conheci – mesmo virtualmente – através do blog. E eu ainda vou te ver, hein? Nem que seja com você vindo para terras sulistas. Hahah.
Um beijo e parabéns, você merece! <3


20 coisas que toda garota de 20 anos precisa saber
Eu ia começar a falar ”adorei o item número tal e tal”, mas não dá! HAHAH Todos são maravilhosos e eu fui concordando a cada linha desse texto. Com exatamente 20 anos eu pedi demissão de um emprego tóxico, e hoje em dia tenho um emprego em que me deixa super bem. Ainda preciso viajar, mas já estou me planejando para isso, pois quero muito. Não consigo ficar de joguinhos! Acho muito chato. Acho mais chato ainda quem acha que as pessoas que não fazem joguinhos são desesperadas. Não! A gente só quer curtir a vida numa boa, sem precisar ficar escondendo o que sentimos. E definitivamente, a melhor de todas é sobre amor próprio e que precisamos entender que é possível sim ser feliz sozinha! Eu sempre falo isso para mim mesma, até porque isso ajuda em casos de términos, eles são terríveis, mas se gostamos da nossa própria companhia, fica tudo mais fácil. Ai, são tantos items que concordo… ficaria até amanhã comentando! hahaha
Um beijo.


10 coisas que o empregador avalia a partir do seu blog | Devo colocar o blog no currículo?
Oi Clarinha, tudo bem?
Eu sinceramente ainda estou decidindo se coloco ou não, até porque sendo bem sincera, na minha área a maioria dos entrevistadores não ligam muito para isso. Sei porque no meu trabalho eu pego um pouco de RH também. Isso depende muito da visão da empresa, né? Mas acho bacana você compartilhar sua opinião e ajudar a tantas blogueiras que tem essa dúvida! E incrível sua experiência, cheia de feitos e conquistas. Parabéns, de coração mesmo. <3
Quanto ao estágio, acredita que eu tenho uma história parecida? Acho que já comentei contigo um pouco… Eu tinha acabado de sair de um emprego tóxico e estava desempregada, super desesperada em como pagaria minhas contas, como faculdade, inglês, ajudar em casa… Essas coisas. Vi uma vaga de estágio e fui na entrevista, comentei que eu já havia trabalhado full time em uma área super parecida. A entrevista ocorreu super bem e na sexta-feira daquela semana me ligaram, me propondo a vaga em período integral, com todos os benefícios maravilhosos que eles oferecem. Se fiquei feliz? Sim! Se ainda estou feliz? Sim, porque é um ambiente incrível para trabalhar. E assim se passaram quase um ano e seis meses. Desculpe devanear assim, mas acho que você entende o quão bom é pular de estágio para efetivo tão rápido, não é? Hahha.
Um beijo e feliz blog day <3


Previous Post