15 coisas que toda garota de 15 anos precisa saber!
Inspirar, Sentir

15 coisas que toda garota de 15 anos precisa saber

| O que toda garota de 15 anos precisa saber? |

As experiências, dores e belezas de cada uma são muito diferentes. Ainda assim, se todas as adolescentes soubessem de algumas coisas, não só as suas vidas, como a sociedade como um todo, seriam melhores. Pensando nisso, listei as coisas que acredito que toda garota de 15 anos precisa saber. Ficou assim: uma mistura das coisas que eu queria ter sabido aos 15 anos e das que mudaram a minha vida e/ou me fizeram alguém melhor.

Edit: Descubra também as 20 coisas que toda garota de 20 anos precisa saber.

As 15 coisas que toda garota de 15 anos precisa saber

1. Fazer 18 anos não muda nada.

Os filmes, os livros, as séries, tudo indica uma única verdade: a sua vida vai mudar radicalmente aos 18 anos. Você será mais independente, adulta e poderá viver de acordo com as próprias regras… Não é bem assim. Na verdade, as conquistas que costumamos associar aos 18 anos pouco têm a ver com a idade e, sim, com responsabilidade. Entrar para a faculdade – principalmente, fora da sua cidade e pública (ou paga por você) -, estagiar, começar a trabalhar: essas, sim, são coisas que vão te permitir ser mais livre.  

2. Intuição de mãe é mágica.

Parece até que é implicância gratuita quando sua mãe não gosta de fulaninha, prefere que não vá a um lugar específico e diz que sicraninho não é lá uma pessoa muito boa. Na dúvida, acredite. Não só porque é sua mãe, não só porque é intuição feminina, mas porque a sua mãe só quer o melhor pra você. Se ela, que te ama e viveu vários anos a mais do que você, consegue enxergar uma situação de outro ponto de vista e te dar um aviso, ouça. É quase como se uma você do futuro voltasse só para te prevenir de se meter em encrenca.

3. Suas decisões podem mudar – muito! – a sua vida.

Aos 15 anos, tudo parece muito distante. A faculdade, a vida adulta, o mercado de trabalho. O tempo parece passar mais devagar. Por isso, muitas vezes, não paramos para pensar em como uma escolha pode abrir – ou fechar – portas. E super pode!

4. “Para sempre” não necessariamente quer dizer a vida inteira.

A quantidade de “para sempres” que eu falei dos 13 aos 16 é, no mínimo, 5 vezes maior do que a dos 17 até agora. Amigos para sempre. Te amo para sempre. Desde sempre, para sempre. “Para sempres” acabam, sim, e como acabam! O que toda garota de 15 anos precisa saber, contudo, é que isso não precisa ser ruim. O que foi incrível a ponto de ter rendido um “para sempre” com certeza cumpriu o papel que deveria na sua vida, mesmo que tenha acabado.

5. Não existe um jeito certo de se divertir.

Essa é a época da vida em que mais gente tem absoluta certeza de como todo mundo deve se divertir. Ir a festas, beber, beijar meninos (ou meninas): isso sim é diversão! Ficar em casa e ler um livro ou sair para ir ao cinema sozinha só pode ser coisa de gente solitária e triste. Mas você já parou pra pensar que triste e solitário mesmo é não conseguir ficar bem nem consigo mesmo? Siga o seu coração. Os amigos que desistirem de você porque você não é de farra, ou que insistem muito para que você seja, muito provavelmente não serão os que ficarão na sua vida com o passar dos anos. Muito, muito provavelmente mesmo.

6. Confie mais em você.

A prepotência típica dos adolescentes muitas vezes não vem acompanhada de autoestima. E não é justo. Você é uma pessoa incrível. Quase tudo de maravilhoso que pode acontecer na sua vida depende, principalmente, de você. Confie mais em si mesma e arrase!

7. Feminismo é amor.  

A palavra “feminismo” assusta, mas o significado é bem amorzinho. E toda garota de 15 anos precisa saber o que é: acreditar que homens e mulheres merecem direitos iguais e que mulheres não são inimigas por natureza. As aplicações práticas desse conceito são incríveis, como: não considerar outras meninas como competidoras, não aceitar menos só porque é mulher, incentivar uma rede de apoio entre meninas e mulheres. As conquistas históricas do feminismo envolvem coisas incríveis como meninas poderem estudar, votar, trabalhar, se divorciar, se candidatar a cargos públicos, entre outras. Repitam comigo: feminismo é amor.

8. Vai passar.

A tristeza infinita após o primeiro término de namoro, a raiva do mundo todo depois de a mãe não te deixar ir a uma festa, a mágoa que a sua ex-melhor amiga para sempre deixou. Tudo isso vai passar. Os sentimentos são mais intensos na adolescência e isso é BOM, acredite em mim.

9. Você é mais prepotente do que imagina.

Mesmo a mais madura das adolescentes costuma ser prepotente. Maniqueísmo, exagero, prepotência são normais da idade porque julgar em preto e branco é mais fácil para quem nunca passou de verdade por muitas das situações que está julgando. Isso vem muito também da mania que os adultos têm de anular tudo o que as crianças dizem e, logo em seguida, adultizar as meninas depois de uma certa idade.

10. Você não precisa conviver com gente desagradável por educação.

Toda garota de 15 anos precisa saber que não é obrigada a ser amiga de pessoas desagradáveis só porque são amigas de amigas, têm fama de descoladas ou outro motivo qualquer. Você não é obrigada a aguentar piadinha ofensiva só porque outras pessoas riram. Não é obrigada a convidar gente que sempre te tratou mal pro seu aniversário só porque seria a coisa supostamente legal a fazer. Sua única obrigação é não ser má gratuitamente com outras pessoas.

11. Nem todo mundo vai gostar de você – e tudo bem.   

Não se esforce tanto, não vale a pena. Quem gostar de você, vai gostar e pronto. Guarde esses esforços que usaria para convencer pessoas a gostarem de você para cultivar as amizades que de fato tem. Porque você é incrível e não precisa disso. 

12. Estudar outros idiomas vai te abrir caminhos!

Inglês é um requisito básico em muitas áreas profissionais. Aproveite esse período em que sua maior obrigação provavelmente ainda é “só” estudar e invista seu tempo em aprender inglês e, quem sabe, espanhol. Estudar em escola de inglês não é barato e pode não ser possível para todo mundo, mas há alternativas. Convencer seus pais a deixarem um intercambista se hospedar na sua casa, procurar cursinhos populares, ver filmes com legenda em inglês e dicionário em mãos, usar aplicativos como o Duolingo, entre outros. Toda garota de 15 anos deve saber que é importante e possível ser fluente em outro idioma – ou vários. Corra atrás e não irá se arrepender.

13. Os livros que você ler vão construir uma pessoa melhor.

Você pode nunca mais usar química ou geometria analítica, mas a bagagem cultural que construiu com os livros que leu vai continuar com você pelo resto da vida. Sou publicitária, blogueira e editora de beleza, as minhas referências da literatura são diárias e me ajudam em praticamente qualquer tarefa que me faça pensar. Mitologia grega, clássicos russos, literatura brasileira e até romances, cada um dos livros que li me ajudou a construir quem eu sou. E tem mais: ler muito é metade do caminho para escrever bem. Se você decidir seguir carreira de humanas isso vai fazer muita diferença. Clique aqui para descobrir os 5 livros para ler antes de morrer.

14. Friendzone não existe.

Todo mundo já passou por isso: o amigo que é super bonzinho, mas que secretamente sempre quis sair com você decide se declarar e o mundo define que ele merece que você dê uma chance. Então, de repente, você, que só queria amizade, o que ele mesmo dizia que queria, ficou em “dívida”. Como assim? Dê uma chance a quem quiser, quando quiser, se quiser. Você não deve nada a ninguém. Inclusive, nem amiga dele precisa ser mais se não quiser.

15. Nunca desista de um sonho por causa de um menino.

Sinto dizer isso, mas as chances de você casar com o seu namorado da adolescência são baixíssimas. Por isso, evite tomar decisões que vão mudar, talvez para sempre, a sua vida profissional ou acadêmica. Mais do que isso: não coloque um menino à frente dos seus sonhos em grau de importância. Porque os amores vão…Você fica.

[Clique aqui para ver as 20 coisas que aprendi em 20 anos.]

Que outras coisas você acha que toda garota de 15 anos precisa saber?

Gostou? Clique aqui para mais posts da categoria “Sentir” do Blog Declara. 


Psiu, me acompanhe nas redes sociais, sim?
antix barrado papoulas blog declara toda garota de 15 anos precisa saber
Instagram, Facebook, Pinterest. 
Previous Post Next Post

❤ Você também vai gostar ❤

12 Comentários

  • Responder Bruna WB 25 de agosto de 2016 at 8:22 PM

    Clara, conhecer seu blog com um post lindo assim é muito amor, viu? Já faz 10 anos dos meus 15 (socorro!), mas achei incrível o fato de você ter abordado pontos realmente fundamentais com tanto cuidado! Eles continuam sendo válidos com o passar do tempo, claro, mas eu gostaria muito de ter lido algo assim nos meus 15. Já estou compartilhando com as primas mais novas e morrendo de curiosidade para conhecer melhor o seu blog.
    Beijos,
    Bru
    http://www.moderando.com

    View Comment
  • Responder VANESSA BRUNT 25 de agosto de 2016 at 9:15 PM

    Cla, como eu queria ter lido essa postagem aos 15! Tão verdadeira e com aqueles “alertas universais/fundamentais” que devemos ratificar até hoje – e que muitas vezes perdemos de nós, até a vida esfregar de novo nos nossos corações -. São tantos pontos que nos lembram que “o que é bem dito não ganha borracha, porque se não mata, bendito será!”, não é? E é tão delicioso reparar o que nos fez chegar em tais lembretes. Ser eterno é, justamente, ser para sempre enquanto durar. Amadurecer é não desistir de sentir; mas não desistir de sentir não significa abdicar do que sente por si e do que ninguém pode retirar das nossas próprias conquistas… ai, tantos pontos lindos a serem (re)discutidos sempre. Adorei e adorei!

    http://www.semquases.com

    View Comment
  • Responder Isabella Proença 29 de agosto de 2016 at 10:55 AM

    Oi!
    Gosto muito do seu blog e achei esse post muito interessante e bem feito, apesar de discordar de alguns (poucos) pontos.
    Com 15 anos eu não pensava em nada, mas ao mesmo tempo pensava em tudo. Era bem intenso e parado… Confuso.
    Me arrependo de não ter feito muita coisa, mas não me arrependo de nada do que fiz – graças a Deus.
    Um beijo e parabéns!

    Me chama de Bella

    View Comment
  • Responder Samira 30 de agosto de 2016 at 8:21 PM

    Há, por que eu não li isso com 15 anos? hahahha e realmente fazer 18 anos não é pela idade, tipo uma coisinha mágica. Mas as coisas que mais me orgulho consegui esse ano mesmo então bom, por isso é importante pra mim. Achei bem legal isso dos livros, até hoje lembro de um livro que li comm uns 11 anos e foi o que mais me marcou e formou vários pensamentos meus.

    View Comment
  • Responder Ane 31 de agosto de 2016 at 12:34 AM

    Acho que toda garota deveria ler esta postagem independente de ter o não 15 anos. Alguns dos dramas sitados nos acompanham pela vida e é por nos lembrarmos daquilo que realmente importa.

    View Comment
  • Responder Laura Nolasco 5 de setembro de 2016 at 10:30 PM

    Ótimo post, Clarinha! Realmente, são coisas ótimas que a gente vai aprendendo com o tempo… E algumas facilitaria muito mesmo saber aos 15! Acho que por ser meio nerd/anti social algumas nem fizeram mto parte da minha vida, mas outras, principalmente a da frindzone, me ajudariam muito!
    Beijos!

    View Comment
  • Responder Maria Helena Viana 9 de setembro de 2016 at 9:08 AM

    Chegando hoje no seu blog e, depois de um post desses, mesmo aos 22, já sei que vou ficar. Como disse algumas meninas acima, gostaria de ter lido isso aos 15. Parabéns, Clara! Que linda leitura você nos oferece! Te agradeço. Muita luz pra você.

    View Comment
  • Responder Vitória 21 de setembro de 2016 at 11:47 PM

    Que vontade de colar seu texto atrás da porta para ler todo dia como mantra, adorei! Estou nessa época dos “15”, e sinceramente, por mais madura que a menina possa pensar ser, conselhos como esses são sempre válidos. Esse tipo de questão e insegurança aparecem na minha vida diariamente e são textos como o seu que dão um UP no meu dia. Sério. Da vontade de sair pondo em prática! Meus mais sinceros agradecimentos, desejo muito sucesso, porque talento tu já tem!

    View Comment
  • Responder 20 coisas que toda garota de 20 anos precisa saber - Blog DeClara 29 de setembro de 2016 at 11:49 PM

    […] escrevi um post sobre as 15 coisas que toda garota de 15 anos precisa saber e ele fez tanto sucesso que achei importante fazer também um sobre as coisas que toda garota de […]

    View Comment
  • Responder Ellen Cristine 30 de setembro de 2016 at 9:52 AM

    Nossa! Como eu queria ter lido esse texto com meus 15 anos, iria ajudar muito, principalmente saber o que era o Feminismo que eu não mal conhecia. Hoje com 17 anos já tenho convicção que tudo isso é verdade e tô aí correndo atrás do tempo perdido com algumas coisas e pessoas. Belo post! ??

    View Comment
  • Responder Ana Mastrochirico 1 de outubro de 2016 at 12:56 PM

    Geeeenteeee…acho que toda menina de 15 anos tem as mesmas neuras né!? tudo que li aí serviria perfeitamente para a Ana de 15 anos. Se eu tivesse essa idade hoje ficaria muito feliz de ler essa lista, pq ela é muito real e descreve as situações e duvidas que temos quando adolescentes. Arrasou como sempre Clara!

    beijoo
    garimpomag.com.br

    View Comment
  • Responda